Quais são as vacinas necessárias para fazer viagens internacionais e assim cumprir as exigências dos países a visitar.

Como nos outros continentes, a América Central também previne a saúde ao controlar a entrada de doenças epidêmicas.
Assim, a vacina contra febre amarela é obrigatória para viajantes que chegam de um país endêmico. Ou seja, viajantes que já estiveram em regiões tropicais da América do Sul ou da África, devem portar o certificado de vacinação que será exigido na imigração.

Vacinas contra Hepatite A e Hepatite B são recomendadas dependendo da pessoa e do tipo de viagem (normalmente, se dura mais de 90 dias.

A febre tifóide é recomendada para viagens de mais de 3 semanas e dependendo da região de destino: se for um local rural com consumo descuidado de comida e água, será importante ter essa proteção.

A vacina anti-rábica será importante se eles entrarem em contato com animais silvestres e os de tétano e difteria também são recomendados, sem ser obrigatórios.

Insistimos: você deve consultar o médico cerca de um mês e meio antes da viagem.

Conteúdo Relacionado

cartas