Quais são as vacinas necessárias para fazer viagens internacionais e assim cumprir as exigências dos países a visitar.

Existem certos grupos de turistas - como crianças, mulheres grávidas, idosos ou imunodeprimidos - que correm riscos para a saúde associados a viagens.
Nos países da América do Sul, como em todos os outros, procuram prevenir epidemias e manter a saúde da população local e turística.

No entanto, nem todos os países da América do Sul exigem um certificado de vacinação contra febre amarela:

Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, Guatana, Guiana Francesa, Paraguai, Peru e Venezuela são os países onde esta vacina é obrigatória para todos os viajantes que chegam de regiões endêmicas. Para todos os outros viajantes, é apenas uma vacina recomendada.

As vacinas geralmente recomendadas por todos os países da América do Sul são Hepatite A, Tétano, Difteria e Tríplice Viral (sarampo, rubéola e parodite).

Dependendo das características do turista e da região de seu destino turístico, também são recomendadas vacinas contra febre tifóide, raiva, hepatite B, pneumococo e gripe.

Conteúdo Relacionado

cartas